segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Projeto de Vida e Jogos Teatrais




Em novembro de 2013, nas aulas de Projeto de Vida do 8º Ano, trabalhamos a linguagem teatral, utilizando os Jogos Teatrais como ferramenta de emancipação dos sujeitos, desenvolvendo os valores humanos na prática das relações de um com o outro.


 O espaço de jogo: Ateliê amarelo.


 As imagens acima representam momentos do jogo teatral que valoriza 
a confiança, o toque, a integração e o trabalho em equipe.



 As imagens acima são momentos do jogo de "Cobra Cega", que desenvolve a integração, as percepções espacial e auditiva, sem contar a própria expressão do lúdico.


 As imagens acima são momentos do jogo denominado "O Guia", em que um dos jogadores guia, com palavras, o outro que está com vendas. O último terá que ultrapassar obstáculos colocados pelos outros jogadores da plateia.
Neste jogo, trabalhamos as percepções auditiva e espacial, a confiança no outro e a experiência de se locomover pelo espaço sem enxergar.

Assista ao vídeo com um trecho da aula.


AVALIAÇÕES FINAIS
Os alunos se expressam como querem, de forma individual, 
em dupla ou não escreve.




Avaliação utilizando celular para gravar 
as impressões da aula.

Turma 1802/2013



Turma 1804/2013


Deixe seu comentário!
Obrigado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Autor do Blog

Minha foto
RIO DE JANEIRO, RJ, Brazil
Lindomar da Silva Araujo. Mestrando em Artes Cênicas. Professor de Artes Cênicas na Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro (SME), vinculado ao Ginásio Experimental de Artes Vicente Licínio Cardoso. Possui Pós-graduações em Tecnologia Educacional e em Psicomotricidade. Graduado com Licenciatura Plena em Dança, pela Universidade da Cidade. 1º lugar nos Prêmios Anísio Teixeira de 2016, 2015 e 2008, na área de Tecnologia e Educação. Produtor de aulas digitais do Portal Educopédia (SME/RJ), de 2010 a 2014. Prática na docência superior em disciplinas articuladas ao segmento da Arte-Educação, na UniBennett. Diretor Geral do Ginásio Experimental Carioca André Urani, em 2012. Professor de Arte da Secretaria Estadual de Educação/RJ (1999-2008), com dedicação ao Núcleo Avançado em Educação - NAVE (2009-2011). Professor de ballet/dança em escolas de dança e artista bailarino na TV Globo e TV Manchete durante quinze anos, simultaneamente, atuando em palcos nacionais e internacionais.